Como se manter saudável em meio ao caos da vida moderna!

Nada assusta mais o ser humano do que uma ameaça de vida! E todos nós estamos expostos ao que chamamos de caos da vida moderna. Não há mais um padrão de segurança que protege o indivíduo do meio ambiente. Até as forças da natureza não deixam as pessoas impunes. Cada dia mais a exposição aos riscos de saúde incorporam a lista dos desafios da vida neste Planeta.

Mas, nem tudo é tão amargo como a descrição da sociedade atual. Ainda temos um cenário pouco administrado por nós mesmos e bastante explorado pelo sistema de controle do mundo. O nosso interior! Mas, o que isso significa?

Apesar das demandas sociais, muitas pessoas ainda encontram tempo para trabalhar duro nas academias enquanto desenvolvem a aparência física dos músculos e das saliências do corpo. Mas, aqui estamos falando de outra forma de academia, a rotina de práticas mentais para o acolhimento e o afago da alma humana.

A maneira mais eficaz de mantermos a sanidade e a saúde é a prática de atividades simples que nos conectam com o nosso lado interno. Aquele “Eu” que fica lá dentro, em algum lugar, indicando sempre o melhor caminho a seguir. O problema é que ouvimos mais a nossa razão e negligenciamos a voz da intuição.

A melhor sugestão para um encontro com a sua essência é fazer a viagem mais longa que o ser humano tem que fazer, ou seja, considerar um caminho de volta pelos 33 centímetros que separam o coração da razão no cérebro de qualquer pessoa.

Considere, então, otimizar o seu sistema imunológico ao invés de lidar com dietas mirabolantes e rotinas pesadas nas academias para conseguir de volta o seu estado de grandeza. Quando desenvolvemos uma capacidade preventiva, alcançamos o estágio de segurança contra situações nocivas de saúde.

Reserve dez minutos todos os dias para entrar em contato com a pessoa mais importante do mundo para você. Ou seja, você mesmo! Procure um lugar mais calmo, sente confortavelmente, respire fundo por alguns minutos e tente encontrar internamente a resposta para a seguinte pergunta: Quem sou eu? Não tente se enganar, descrevendo sua posição social, seus números de registros e outras graduações. Nada disso! Descubra quem você realmente é.

Após este simples exercício de descoberta, chegamos à parte mais importante da rotina. Assim que descobriu quem realmente é, pratique a ação de demonstrar isso todos os dias da sua vida. Pronto. Você acabou de aumentar bastante o seu sistema imunológico. É que ninguém demonstra que é doente internamente. Entendeu agora?

À propósito, nós descobrimos quem realmente somos através da prática do exercício de descobrir quem NÃO somos!

Deixe uma resposta