6 Maneiras de se livrar rapidamente daquelas gordurinhas indesejáveis dos pneuzinhos!

 

A gordura abdominal é o tipo mais perigoso de gordura. Além da estética, as linhas mais expendidas da circunferência podem indicar problemas mais sérios de saúde.

Mas, como esta gordura chegou até aqui?

Geralmente começamos a ganhar peso em nossa seção abdominal quando os níveis de cortisol aumentam. O estresse é um dos principais culpados dos altos níveis de secreção de cortisol. Quando isso acontece, o cortisol quebra o músculo magro (o tipo de tecido que queima calorias mais eficientemente) e também mantém o armazenamento de gordura na região abdominal. Conheça 6 maneiras de lidar com este problema:

1. Sono.

Dormir 8 horas por noite é uma das melhores coisas para o seu corpo alcançar metas de perda de peso. Quando os biorritmos estão desligados, você acaba comendo mais. Quando está cansado, você produz mais grelina, que é conhecido como o hormônio da fome para o açúcar e outros alimentos de construção de gordura. Perder o sono também pode alterar a produção hormonal, afetando os níveis de cortisol que causam sensibilidade à insulina, uma das principais razões para a gordura da barriga!

2. Rotinas rápidas de exercícios.

Fazer abdominais todas as noites fortalece os músculos abdominais, mas com uma camada de gordura não vai obter os resultados que realmente quer. Em vez de todos estes abdominais, faça exercícios que envolvam vários grupos musculares e trabalhe seu sistema cardiovascular. Tente prancha, onde você se mantém em uma posição push-up, descansando os antebraços no chão. Tente 3 ou 4 conjuntos de exploração por 30 segundos cada. Caminhar algum tempo durante o dia também ajuda muito.

3. Açucar é seu inimigo.

A solução para o problema da gordura abdominal é 80% dieta saudável. Reduza as calorias ingerindo proteínas, vegetais, grãos e substituindo as guloseimas por hábitos saudavéis. Sempre que tiver vontade de algo muito doce, procure consumir alimentos adoçados com sucralose, por exemplo. Outra sugestão interessante é usar canela em pó em seu café da manhã e sempre que quiser algo doce. Este tempero auxilia na estabilização dos níveis de açúcar no sangue.

4. Vitamina C.

Quando o nível de estresse é extremo, nós produzimos mais cortisol. A vitamina C auxilia no equilíbrio dos picos de cortisol que acontecem quando estamos estressados. Além de ser um aliado no combate à gripe, a vitamina C é também essencial para a produção da carnitina, um aminoácido usado pelo corpo para transformar a gordura em energia.

5. Coma gordura.

Isso pode parecer algo estranho, mas é verdade! É o açucar que provoca acúmulo de gordura no corpo, não a gordura em sí. As gorduras boas são encontradas em alimentos ricos em Omega 3, como salmões, abacates e castanhas. Estes alimentos estão repletos de nutrientes que auxiliam a manter a fome saciada o dia inteiro.

6. Respiração cadenciada.

A respiração cadenciada ajuda a manter a pressão arterial equilibrada e evita o estresse. Sempre que estiver sentido alguma tensão, respire fundo e deixe sua respiração cadenciada. Adote um método de 4x4x4, ou seja, enquanto respira conte até 4 pausadamente, segure a respiração (conte até 4), solte o ar dos pulmões, contanto até 4 novamente. Este exercício ativa a circulação, aumenta o fluxo ao cérebro e acelera o metabolismo, auxiliando na queima de gordura.

Deixe uma resposta